terça-feira, 9 de Abril de 2013

Local



Qualquer mesa ou local serve para o fazer...



Basta ter vontade...

Beijos e toques quentes...

terça-feira, 26 de Fevereiro de 2013

Anatomia de Grey

Por vezes parece que saímos de uma cena de Anatomia de Grey...






Ou ainda...

http://www.youtube.com/watch?v=IIVw5s_oW-

Qualquer uma destas serve... :)

E é bom... Muito bom... :)

Beijos e Abraços Quentes...

terça-feira, 13 de Novembro de 2012

Pensamentos...

Nos nossos pensamentos, ocorrem coisas do género...

"Vou-me pôr bonita...
Já existem pelos a mais aqui em baixo..."



"Lingerie sexy para seduzir... E ser seduzida..."


"E enquanto me preparo, excitaste só de ver..."


"Para o caso de me convidares para um café..."


"Café, onde tudo pode acontecer..."


"E se me beijares... Eu vou responder de volta... Sem hesitar... Sentindo a tua lingua..."


"Podemos ir logo para a rua..."


"Ou se quiseres, assim que chegarmos ao carro..."


"De várias posições..."


"Mas ideal seria num quarto..."


"Despia-me para ti..."


"Despia-te todo..."


"Deixava-te explorar todo o meu corpo..."


"E beijava-te enquanto me fodias..."


"Do modo como quisesses..."


"Até me tornar uma gata assanhada..."


"Levavas-me à loucura..."


"Até chegar o meu orgasmo..."


"Forte... De outro mundo... E junto com o teu..."


"Ainda mais forte... Percebi pelos teus gemidos..."


E são estes os nossos pensamentos... Qualquer dia acontece mesmo...

terça-feira, 6 de Novembro de 2012

SMS's...

Depois de mais uma reunião/café com o Francisco, onde desta vez, nada aconteceu, seguiu-se a troca de mensagens...
Ela: Já estou em casa amor... Já terminou a reunião... Hoje não houve mais nada...
Ele: E correu bem a reunião? Não houve nd? E querias que tivesse havido? :P
Ela: Estava à espera que houvesse mais qualquer coisa, sim... :P Ah, e a reunião correu bem... :P
Ele: :) estas-me a provocar... Olha que eu assim não aguento... O que querias que tivesse acontecido?
Ela: Queria que ele me levasse para o escritório dele... Para a secretária dele...
Ele: E o que lhe querias fazer aí?
Ela: Queria que ele me encostasse a uma parede, me despisse e depois me deitasse na secretaria dele toda nua...
Ele: E quando te encostasse à parede e na secretaria dele, fazias o quê?
Ela: Tirava-lhe a roupa toda... Deixava-o todo nu à minha frente...
Ele: E depois? O que lhe fazias?
Ela: Queria sentir os labios e o penis dele na minha boca...
Ele: O que lhe pedias?
Ela: Pedia-lhe para me beijar. Queria que me penetrasse enquanto me beijava...
Ele: Querias senti-lo?
Ela: Sim, queria senti-lo a vir-se dentro de mim e a gemer bem alto... Queria sentir a lingua dele na minha boca e o penis na minha vagina amor... Ao mesmo tempo... Ai amor...
Ele: Querias que ele estivesse aí agora? Querias que ele te tivesse fodido de manhã?
Ela: Queria que ele me tivesse levado para o escritório e me fodesse assim... Toda... Até eu me vir... Ai amor... Quero-me vir... Estou tão excitada... Estou toda molhada...
Ele: Então vem-te amor... Quero que te venhas amor...
Ela (5 minutos depois...): Acabei de me vir amor... :P Foi óptimo... :) Amo-te muito :P
Ele: Agora só falto eu... :P Tb te amo muito :)


quarta-feira, 10 de Outubro de 2012

Luxúria...

No calor do momento,
No toque sedento...
Sinto loucura, o impensável...
Um sonho, (é o mais provável)
Fantasia ou imaginação.
Mas sinto-me em ti,
Vejo-te, como nunca vi,
Num movimento cadente,
Na tua silhueta atraente,
Uma vontade de tesão...
Conduzes-me ao teu sexo,
Fodemos em conexo,
Na parede que nos segura,
No gemido que perdura,
Na luxúria desta únião...


Obrigado praiadoprazer pela imagem e inspiração...

Beijos e Toques quentes para todos...

segunda-feira, 14 de Maio de 2012

No que deu um dia normal...

Dia normal este...
Ligas-me depois de uma reunião/café com o Francisco do teu trabalho. Pergunto-te se correu bem, ao que dizes que sim. Foi óptimo, respondes tu.
"Ainda bem amor. Mas demorou tanto... "
"Houve uma situação imprevista", respondeste tu. E eu, curioso, pergunto qual foi...
Tivemos que ir para um hotel da cidade... 
Senti um frio a descer pelo corpo. Uma mistura de surpresa e de excitação. Não senti ciúme mas vontade de me vir... Excita-me a sensação do proibido. Do desejo sexual depravado e por alguns reprovado...Do sexo só pelo sexo...Não sabia o que responder. Tinha receio de perguntar pormenores, mas o frio que estava a sentir no corpo era bom e queria mais...
Então perguntei: "Conta-me tudo, ao pormenor..."
Tu respondeste com um simples smile como se já esperasses a minha resposta e continuaste...
Disseste que a conversa fluia normalmente, até que começaram a falar de sexo... Ele disse que era uma pessoa já com alguma idade, casado e que já não atraia ninguém enquanto que a minha mulher era nova e atraente e que se não fosse casada teria muitos homens interessados nela. 
"Ora até aí eu sei." Respondi eu... :) 
Mas ficaste curiosa. Querias saber como é que o Francisco era na cama. Querias foder com ele para matares essa curiosidade e desejo... Provocadora como és, disseste que ele também era um homem atraente. E muito sensual... Ele não estava à espera da tua resposta, e em tom de brincadeira, desafiou-te:
"Se eu te levasse para um quarto agora, fazias sexo comigo?"
E tu, olhaste, deixaste o suspense no ar e respondeste: "Sim..."

Ele levou-te ao hotel onde sorriram pelo caminho com aquele medo e excitação do fruto proibido. 
A mesma excitação que vos levava a fazer esta loucura... E que me excita por estar a imaginá-la... 

Chegados ao quarto ele pergunta como devem proceder agora...
E tu começaste a beija-lo. A sentir a boca dele na tua. A sentir os labios dele. A lingua dele a invadir a tua boca e a trocar carícias com a tua. 
Ele começa-te a despir. Primeiro a camisa, depois as tuas calças. Até ficares só em roupa interior.
Empurras o Francisco para a parede e começas a descer pelo corpo dele. Baixas as calças e os boxers e olhas para o penis. Ali, mesmo ao pé de ti. A escassos centimetros da tua face. Não era bem o que tinhas imaginado, mas querias aquele penis. Querias explorá-lo ao máximo até o conheceres bem. 
Aproximas a tua boca enquanto o massajas com a mão. E num movimento lento, abres a boca e com a tua lingua sentes o penis do Francisco a entrar. Sentes o sabor e a textura da pele deste penis que desejavas, a entrar e a sair da tua boca. 
Por momentos pensas se tudo isto é verdade, mas sim, está mesmo a acontecer. Ouves o Francisco a gemer enquanto o chupas, e sentes o penis a crescer ainda mais, Sentes com a tua lingua e os teus labios todos os nervos a "crescer" dentro da tua boca.
Antes que ele se viesse, paras, pegas no preservativo que tinham levado e colocaste-o aproveitando para o excitar mais um pouco. Levantas-te e voltas a sentir a boca e a lingua dele...
Ele encosta-te à parede... Prende-te. Sentes a excitação a subir pelo teu corpo enquanto te segreda ao ouvido "quero-te foder!". E tu respondes sem exitar: "FODE-ME!".
Ele tira-te as cuecas e pega-te ao colo. Sentes o penis dele a tocar as tuas pernas e a subir até à tua vagina. Estas muito excitada e molhada. Pronta para o receber. 
Pensas novamente em tudo o que se está a passar. Algo que pensaste várias vezes e te fez excitar e vir outras tantas... E estava tudo a acontecer.
Quando já estavas bem no ar, sem sentir os pés no chão, apoiada nele e na parede, sentes o penis invadir o teu corpo. Acompanhas com um gemido em cada penetração. E sentes o ponto certo da tua vagina a ser tocado.
Ele leva-te para a cama, onde se deita e te coloca em cima dele. Sentas-te em cima daquele penis e continuas a foder. Cheia de vontade.
Neste momento já gritam os dois, enquanto ele te diz o quanto és bonita e sensual. Que adora o teu corpo e quer-te foder até ao fim...
As mãos dele percorrem cada parte do teu corpo e não deixa nada por sentir.Voltam a mudar de posição, desta vez ficas de quatro enquanto ele te penetra por trás na tua vagina.
Ele agarra-te com força, e penetra-te cada vez mais fundo. Tu gritas e gemes cada vez mais alto e estas quase a atingir o ponto certo do Orgasmo.
Sentes o penis dele dentro do teu corpo enquanto uma mão te agarra o cabelo e a outra a tua barriga, fazendo com que tu te excites mais.
"É AGORA! NÃO PARES" Disseste tu e logo a seguir começaste a sentir os espasmos de prazer. 
Gemias em cada inspiração do orgasmo que estavas a ter. Parecia que não tinha fim porque demorou bem mais do que dois minutos esta respiração aflita mas cheia satisfação.
Entretanto começaste a sentir os gemidos dele cada vez mais alto. O penis a libertar o semen de toda a excitação acumulada do Francisco.Primeiro dentro de ti, depois cá fora na tua pele já sem preservativo na tua pele. 
Sentias o orgasmo quente e a respiração cada vez mais forte.
Aguardaram um pouco sem dizer nada um ao outro.
Trocaram olhares, sorriram, vestiram-se e saíram com um até logo e um sorriso cordial...  Deixando para trás um quarto com cheiro a sexo, descomprometido e cheio de prazer... 
Até um próximo encontro... 
Logo veremos com quem... ;)